sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bão 2011 pra vocês

Bem quero desejar a todos um excelente 2011!
Que a gente possa ser pessoas melhores, mais atenciosas com o próximo e ter valores e metas cada vez mais puros.

O tempo é contínuo...

Sim! È dia 31 e amanhã já é ano que vem!
Mas essa virada pode nos dar a sensação de recomeço, que aliás pode ser feito em qualquer momento ou parte da sua vida!

Recomeçar! Sacudir a poeira! Trilhar novos caminhos! Terminar os já começados!

Que a gente possa entender o que é realmente importa.

Muito obrigado por acompanhar o Blog, Minhas Músicas, E todo o carinho que tenho recebido de vocês!

Ah outra coisa que tem me preocupado:

Vamos gastar menos tempo na frente do computador (isso tambem serve pra mim)

Sugiro Algumas atividades pra 2011: (só para louco)
*Jogar futebol de botão (Na mesa da sua Vó) - Se rolar um campeonato me chama!
*Passear com seu cachorro! (as vezes penso que é meu cachorro que me leva,ele vai me puxando ae... )
*Conversar com seus avós ( Tira sua bunda gorda dessa cadeira e vai ouvir as histórias que eles tem pra contar!
*Aprender a tocar violão! (Opa dá a preferencia ae hein! Aulas a preços populares!
*Ler a bíblia.
*Vamos jogar peteca na lagoa do Nado! (se deus quiser 2011 muitos taps em la peteca!
*Vão deixar de reclamar moçada por coisas idiotas ( Tbm serve pra mim)
"Ai que droga essa Batata do Mc Donald's ta uma droga"! " Ai minha franja não tá crescendo, igual a do Joaozinho"! "Ai só tenho 300 reais pra comprar um tênis"



VAleus!!!!!!!!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

FOME

Entrou correndo na Livraria
Pegou um livro e saiu de lá enquanto vendedores tentavam pega-ló

Não tinha mais do que 15 anos
E deixou um odor típico dos que moram de fato nas ruas

Pensei! Roubou, vendeu, se drogou...
Mas não!O vi sentado numa praça

Ele lia concentrado

Estava com fome....



domingo, 19 de dezembro de 2010

18 Dezembro Aniversário, Clube da Esquina 2

Nossas vidas são recheadas de indas e vindas
Sonhos e ilusões
Há um tempo atrás tive uma experiência um tanto marcante

Recheada de coisas simples mas que significaram tanto pra mim
Meu aniversário de 18 anos...
No mesmo dia da minha formatura

Eu me me perguntava e agora...
o que fazer pra onde ir ?
Com quem ir...

Eu não tinha muita coisa
Numa sociedade onde você vale o que é...

E disseram meu nome pra receber o canudo...
Quase de nada valeria....

Mas chamaram meu nome e eu sai do meu lugar
Uns falavam " VAi lá Sansão"( Meu cabelo estava un tanto quanto grande)

Fui cumprimentar os professores ao som de Clube 2
E um dos professores me olhou nos olhos e disse :

"Você não vai parar por aqui não ne? Você pode ir muito além.."

Aquilo me marcou muito...
Pode ser que ele talvez tenha dito isso pra todos os outros alunos mas
eu não me importava...

Era bom saber que alguém acreditava em você

"E sonhos não envelhecem nao"

E assim outro dia fiz 21 anos, e ja dei inicio a minha caminhada...

" E basta contar com passos , basta contar consigo que a chama não tem pavio"

Aprenda a Xingar uma Barata voadora

A Disgraçadinha criatura de Deus com tanto lugar pra voar. Parece não saber pra onde quer ir

E vem voando justamente na minha direção!


FEDA PUTA! E tome Chinelada!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Toyta

Toyta foi uma gata do meu avô
Não sei por que me lembrei dela hoje
Era preta e muito brilhante

e meu avô gostava dela...

Um dia minha vó cismou e deu Toyta "pruzoto"

Toyta foi embora e nos olhou muito triste...

Sinto muito para aqueles que esperavam um final feliz...

Sobre o que eu não tenho

Lá tinha um pássaro que cantava no mínimo três notas por assobio
Era "Bonito pra desgraça".
E a gente vai vendo tanta coisa
Que os olhos vão virando nascentes...




As minhas mãos balançavam soltas
Senti falta de segurar sua mão
Enquanto a gente anda por lugar nenhum, sem pressa...
Dava vontade de te contar onde cresci, como se você
Fizesse questão de saber

Tinha muita coisa nova incrívelmente antiga
Valsas, frases, perfumes, costumes, amores...
E de novo as minhas mãos se balançaram soltas

E senti vontade de que você segurasse a minha mão
Não precisaria dizer nada
Nem precisaria parecer cena de filme.
Eu só queria te contar quem foram meus amigos de infância
como se fizesse questão de conhece-los

E como é bom acordar num lugar diferente
As montanhas que vão enfeitando o caminho
a música que só se ouve nessas estradas
E novamente minhas mãos caíam soltas pelo colo
Queria que desabassem sobre o seu colo
Desabassem como penas, mas sobre o seu colo
E eu te contaria que amo viajar como se você 
fizesse questão de saber do que eu gosto.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Nós

Eu te perco na mesma intensidade em que você me perde.