segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Mila Guta

Éramos crianças.
Estavamos num colégio ruim,
mas isso fomos descobrir depois...

Minha pécima memória me permite lembrar que:
Ela era bailarina, conversada e meio tímida.
Jogava bola se não me engano, e era minha amiga.

Mas uma coisa me incomodava levemente...
Ela era inteligente,
Tirava notas mais altas que as minhas
Aquilo balançava meu ego...
Calma srrs coisa de criança


A gente fechava o semestre com "Chave de ouro"
mas o que vale ouro mesmo
é nossa amizade
que não teve fim por causa da puberdade,
onde nos tornamos sim "aborrecentes"

A vejo às vezes caminhando pelo campus
sempre sorridente, cheia de amigos.
Sou tímido! Ela acena, eu aceno, eu aceno ela acena!
A cena?
Ah, timidez! Mas admiro muito a futura Psicóloga
E sei que ela vai brilhar muito
Sinto saudades de ser da sala dela...
Pensando bem ser da mesma sala não seria boa idéia...
me lembrei das notas dela...

domingo, 29 de janeiro de 2012

ELA

Sabe o que vejo quando olho pra ela?
Uma garota linda, com traços de mulher
Dá vontade de ficar embaixo de sua janela
pra descobrir o que ela quer

Se fosse um beijo eu à daria
Plantaria ali uma flor
Seria um Sentinela
Aguardando ordens do amor

Quando estou perto dela também sinto
Paz, e vontade de abraça-lá

e sabe não minto,
gosto de toca-lá...

E seus olhos puxados, me atraem
meus pés perdem passo
meus sentidos me traem
perco ritmo e compasso


Vê-la é bom
Vê-la bem, também
Tê-la um dom
e sei, feliz quem à tem

Eu gosto de vê-la
de mergulhar naquele sorriso
tudo isso sem exigência
de mais nada preciso

O POETA

O poeta é alguém cujo sua alegria faz nascer no coração das pessoas uma flor, e sua desgraça é o esterco colocado no pé da flor...

Cenários

Depois de passar um cimento no rosto
para congelar um sorriso que antes não tinha
as trincas começaram a aparecer

Será por que embaixo do concreto,
existe um semblante triste
que não quer aquela forma, de forma alguma?

Visitei funebremente lugares
que ja foram cenários,
e comprevei que não estavamos mais ali

Usei razões pra segurar lágrimas
e me veio uma coisa simples na consciência,
teve fim por que "deixamos de fabricar momentos felizes"...

E por um momento me perguntei:
-O que função mais teria o amor do que essa?
Além de nos tornar fabricantes de momentos felizes!

Fiquei incrivelmente chocado com minha descoberta
e me lembrei das vezes que podia ter esculpido um sorriso naquela face,
e como dizem crianças eu não "fazi"...

E viver em busca gera uma anciedade
uma vontade de encontrar alguém:
"que não me disse-se nada, não me pergunta-se nada"(vander lee)

E vendo aquele lugar que antes foi cenário,
e hoje ruína, decidi ir deixando minha máscara
junto aos escombros... não mais me escondo

E vou virando as páginas
Lentamente como quem não quer,
mas vou nem sei por que mas vou...

E com o rosto descoberto
vou descobrindo que depois
da chuva vem o barro... e o sol também neh rsrs...

domingo, 22 de janeiro de 2012

Religiosos Ateus e Atoas

Opa tudo bem com vocês? Esse assunto de religião e discutir "Deus" está bem na moda, bem presente.
E não escrevo esse texto por esse motivo, embora essa onda de discussões tenham feito com que eu fizesse mais perguntas. Que eu me permita ao invés de simplismente aceitar as coisas eu possa questionar e conhecer  um pouco sobre elas.

Pense na seguinte situação:
Você chega na casa de amigos às 15 horas da tarde, e eles estão assistindo um filme de 2 horas e 30 minutos, que começou as 14 horas. Ou seja você perdeu 1 hora de filme, você vai assistir o resto mas, entender por completo, você nunca vai entender.

É assim que eu me sintia um pouco com religião. Eu ia na igreja Católica por exemplo, e eu fazia e repetia uma série de ritos, que eu não entendia. Um dia aquilo perdeu o sentido pra mim.
A pregação em si, o ensinamento quando bem passado, era útil pra me tornar um ser humano melhor.

Ai tem gente que diz o seguinte: -Ah na Igreja Evangélica eu me sinto melhor, eu sinto a presença de Deus. Vamos pensar: A Igreja dele com ar Condicionado, uma puta estrutura de som, uma banda incrível, hinos com melodias e arranjos de emocionar a à qualquer um, quem não fica "EMOCIONADO", quem não se sente bem em ouvir bem alto "IRMÃO A SUA VIDA VAI MUDAR AGORA", "IRMÃO PEÇA PERDÃO A DEUS E SUA VIDA RECOMEÇA AQUI", isso é muito bom de ouvir. Não digo que isso não seja de "Deus", olho pelo seguinte ponto: -Isso torna as pessoas melhores?

Ae tem aquela gente que é Ateu, e tem sua vida para tentar provar para os outros que "Deus" não existe. Acho que viver negando, argumentando contra, é meio pesado, não serve pra mim.
Mas também ver "religiosos" olhando torto para "Ateus" e os chamando de "Marionetes do CApeta" ( Pô isso daria um bom nome de banda) não acho legal.

Vamos a ideologia. Eu estou fazendo um texto, com algumas críticas e tals, tenho conhecidos que diriam algo parecido com o que citei acima. "Ah, é O "Diabo" te controlando pra você ser "REBELDE" E "QUESTIONAR". Olha sinceramente? Pra mim essas coisas são fantasiosas.

Acredito que existem pessoas boas e más. Que fazem o bem ou o mal.
A gente sabe, quando olhamos pra nós mesmos nossa essência. A gente sabe quando foi falso, quando agiu de má fé, quando quis aparecer, quando humilhou enfim, sabemos dos nossos atos.


Eu não venho aqui afirmar que "Deus" não exista, ou que "tal religião seja boa ou ruim" nada disso.
Acredito que existe um criador, a natureza é muito perfeita, tudo isso veio de algum lugar, mas nem eu nem você sabe explicar com "Certeza" como foi ou quem fez. Se "Deus" não quisesse que a gente perguntasse, teria nos feitos "simples e puros" como os animais.

Não sou um conhedor da Bíblia, leio regularmente, mas sabe como gosto de ler? Sem ataques emocionais. É um livro que quer contar histórias, e quer ENSINAR, e não me EMOCIONAR. Algumas passagens são bonitas e emocionam? Sim concordo, mas temos que estar raciocinando o que está sendo passado, que pra mim é o mais importante.

Se "Deus" e "Jesus" fosse visto de forma mais "filosófica" e menos "mística/sobrenatural" acho que atingiria mais as pessoas que questionam esse assunto.


Se olharmos á fundo vemos que, "Deus" é criado de forma particular para cada pessoa. Sim. Por exemplo: Pra algumas pessoas "Deus é Forte e Vingador ( tipo Galo)", para outros "Deus é bom e misericordioso". Outros dizem: -Ah "Deus" olha é o coração, não liga se a gente beber cerveja" (Provavelmente esse ser bebe cerveja). Ou "Deus" olha coração não liga pra que música você escuta ( eu escuto Iron Maiden, que tem fotos estranhas na capa, meu "Deus" seria assim, não ligaria pra que tipo de música eu to escutando).


Ae vem aquele argumento -Ah Ben, você não conhece a "Verdade", "Conheça a verdade e ela vos liberta-rá." Libertar dentro de uma série de opressões e renúncias.




Quer ver um exemplo:
Uma das coisas que mais destrói o ser humano, que é uma "DESGRAÇA", é a bebida alcoólica.
Ow, se você bebe socialmente com os amigos, beleza mas um conselho tome cuidado! A mesma cerveja que traz sua "ALEGRIA" é a "DESGRAÇA" de muita gente.
Ae vem gente me dizendo: -Nó cê parece "Crente" nem bebe cerveja! Eu não bebo não por causa de desagradar a "Deus",  "Deus" me deu inteligência pra analisar e ver se aquilo é bom ou não pra minha vida, se eu decidir encher a cara um dia é por que eu quis e não por que "O Capeta" me chamou pra tomar uma.
É muito mais fácil culpar o "COISA RUIM" pelos milhões de alcoólatras, do que pensarmos no problema racionalmente como seres humanos e tomar atitudes contra.
Outro ponto, às vezes a pessoa tem dificuldades de parar de beber. Ae chega um religioso nela e tals, e troca idéia e fala de "Jesus" e leva pra "Igreja" e tals e o cara se restabelece. Foi um milagre de "Deus"? Ao meu ver: NÃO! Tudo é milagre, tudo é Deus. Mas "Deus" não ia se materializar e carregar o bebum no colo, sabe por que? Ele já criou HUMANOS pra isso, criou coisas como: -Amizade, Conselho, carinho, atenção, Médicos, Psicólogos. Enfim deixu tudo aqui pra gente usar e fazer o "MILAGRE" acontecer.

Então quer saber minha religião? Eu não sou Ateu, talvez o termo mas apropriado seja "ATOA" não sigo nenhuma, todas são igualmente "Maravilhosas e Pécimas", acredito no que o SER HUMANO faz por sua vontade. Outra coisa que escuto muito: O cara mata e estrupa e diz: - Foi o Diabo que entrou em mim! (Vá se fu!@#$)


Um pensador disse assim:
"Seja a mudança que você quer ver no mundo."

Galera é isso então: espero não ter "CONCLUÍDO" o texto.
Segue abaixo um video que gostei de um Pastor:



http://www.youtube.com/watch?v=i-2UR2H4MVM&feature=related

sábado, 21 de janeiro de 2012

Mais que Médica

Olha atenta sob os óculos, feridas, alopecias
Sutura com as delicadas mãos.
Enquanto isso sorri, enquanto lembra de alguma canção.

Nem precisava ser atenciosa comigo,
o que ela ja faz pelos meus amigos ja bastaria.
Mas ela supreende com algo ainda não dito,
e vai fabricando alegria...

Seu assunto não cansa, seu perfume não enjoa
Seu jeito é leve, e a leveza é dos céus
e dos seus cabelos lisos ou encaracolados,
caindo sob as claves, ela se cria.


É assim que funciona admiração
quando voce vê ja conhece e gosta,
ja sente falta, quer estar em volta.
Em órbita, constante translação.

Disso tudo é certo que vou,
até pelo animal que também sou
admirando ainda mais,
minha querida Elaine,
Médica dos Animais!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Quase Amor

Olhou para mim com um olharde esperança.








Nunca vi uma daquelas assim, desacompanhada.









De fato muito linda.









Não sei o que fazia ali.







E ela me encarava de uma forma que até me comovia.








Queria se aproximar, ela estava com medo.







E eu também, grande e bonita e me encarando.








Dava pra ver no fundo dos seus olhosque ela queria algo.









E naquela situação eu sem saber o que fazer.








Ja tinha percebido seus olhos acastanhados.









Dentes muito brancos e andar até delicado.









E quem me conhece sabe, eu me apaixono muito fácil.











Eu tinha que decidir, tinha que fazer algo.






Ela ali sozinha, olhando pra mim os carros passando.








Meu coração acelerava, um misto de medo, de compaixão.








E ela parecia decidida, continuava me encarando e agora parecia estar vindo na minha direção.








Eu próximo do portão de casa, ela parecia estar me seguindo.






Meus Deus, o que ela faz ali sozinha, tão bonita, de olhos acastanhados e me encarando.








Ela me encarava mas era de forma amigável, não me trazia medo.








Mas eu não podia, Ah de jeito nenhum eu não poderia me permitir.







 E antes que a paixão tomasse conta e eu cometesse alguma loucura,







O seu Dono apareceu!







Ufa!







Mais uma cadela lá em casa e minha mãe me põe pra fora!


É Assim

" Vamos entender, só faço questão de discutir com alguém quando acredito que chegarei a algum lugar com a discussão, caso contrário o silêncio é o maximo que dou para a pessoa".

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O Crente

Crente gripa? Sim.
Crente quebra a perna? Sim.
Crente bate o carro? Sim.
Crente tem dor de barriga? Sim.
Crente sente raiva? Sim.
Crente sente fome? Sim
Crente tem ciúmes? Sim
Crente quer ter carro? Sim
Crente sente medo? Sim
Crente tem que trabalhar? Sim
Crente anda de ônibus? Sim.
Crente morre? Sim
Crente tem que pagar o que deve? Sim.

Crente gosta de sofrer? Não
Crente gosta de pobreza? Não
Crente gosta de inveja? Não.
Crente gosta de trabalhar muito e ganhar pouco? Não.
Crente gosta de não se sentir valorizado? Não
Crente gosta de injustiça? Não.
Crente gosta de exploração? Não.
Crente faz tudo certo? Não
Crente sempre acerta? Não.
Crente Nunca peca? Não.
Crente sabe tudo? Não
Crente é dono da verdade? Não.


Oh! Acho que você vive no mesmo mundo que eu!
Oh! Acho que você é igualzinho a mim!





Gandhi
"Quem busca a verdade, quem obedece a lei do amor, não pode estar preocupado com o amanhã."

domingo, 15 de janeiro de 2012

Quando começa o fim

A gente tinha algo entre nós apelidado amor.
Sonhos e planos como um jardim em flor

Mas as flores de nove primaveras, não resistiram
ao último verão
Eo que poderia ter sido lindo, parece hoje ter sido em vão


Tudo que a gente viveu vai servir de experiência pra nossos futuros amores.
Levaremos o fogo das risadas e as cinzas das dores



è ruim pensar que hoje te amo e não posso te ter ao meu lado
e quando formos pessoas melhores o tempo de hoje já vai ter passado


Vai ter sempre uma marca, uma cicatriz
é terra de mim tirada quando se arranca uma raiz


Por um tempo sentirei um gosto amorgo de fracasso,
de tudo que podia ter sido, e do que nunca será completado.


Quando daqui a uns anos, eu te reencontrar
inevitalvelmente vou me lembrar.


Lembrar do que foi bom, e do que foi ruim,
mas sem nunca levar mágoa dentro de mim


vou conviver com a tristeza, mas sem convida-lá pra aqui morar
Um dia desses ela vai embora e não tão longe por outros motivos ela há de voltar.


Hoje vejo que perdi e que ela também perdeu.
Onde é que ela vai achar um "Magrelin Charmoso" como eu?


Não sou convencido, não é isso que vim falar.
Mas se a gente não se gosta, quem vai conseguir me amar?


lamentar não leva a nada, é um pécimo caminho
não vai trazer você de voltasó vai me deixar mais sozinho



Não se deve deixar nada roubar sua alegria
por que o que vai nunca volta, nem um minuto, nem um dia



Minha vida mais que nunca, eu vou encher de esperança
um dia desses quem sabe me apaixono, nessas minhas andanças...

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Digna de serenata

De quem eu gosto agora?

É você ainda? Aquela que me abraçava nas pontas dos pés tentado alcançar minha orelha,
ou será que você se foi e eu não ouvi.



É você ainda? Aquela que ria das minhas piores piadas, e continuava me olhando, intertido com um cão no colo.

É você ainda? Aquela que dormia em meus braços de forma tão segura e inocente, enquanto o ônibus cortava as montanhas.

É você ainda? Aquela que sabia mais da minha infância do que eu, que lembrava como eu era, e sabia hoje quem eu era.

É você ainda? Aquela que eu gostava de ver com pouca luz, dona de olhos brilhantes, eletrical storm.

É você ainda? Aquela que entendia meus devaneios,e aceitava meus desejos e escutava meu violão.

É você ainda ? Aquela que eu pensei ser a última, e que me queria por um tempo chamado sempre.

Pergunto-me: Ela existe ainda? De quem eu gosto agora?
Não sei, não descubro, me cubro de lembranças antigas, essa vontade de acreditar, que você ainda é aquela por quem eu me apaixonei. Onde eu te deixei?

Chego a pensar: Você era real?

Isso aos poucos devora... e de quem eu gosto agora...

Limite do Desejo Edge of DEsire John mayer

Limite do Desejo Edge of DEsire John mayer

Jovem e cansado de fugir
Me diga onde isto esta me levando?
Apenas um grande desvendador ou um infinito pequeno

Amor realmente não é nada mais
Que um sonho que fica me acordando
Por toda minha tentativa
Você ainda termina morrendo
Como pode ser?

Não diga uma palavra, apenas venha e deite aqui comigo
Porque estou prestes a colocar fogo em tudo que vejo
Eu te quero tanto que voltaria atrás no que acredito
Acabo de admitir, tenho medo que se esqueça de mim

Tão jovem e cansado de fugir, por todo o caminho até o limite do desejo
Controlo minha respiração, gritando silenciosamente,
"tenho que te ter agora"
Inquieto e estou cansado
Acho que vou dormir nas minhas roupas no chão
Talvez esse colchão gire em torno do eixo e acabe no seu

Não diga uma palavra, apenas venha e deite aqui comigo
Porque estou prestes a colocar fogo em tudo que vejo
Te quero tanto que voltarei às coisas que acredito
Acabo de admitir, estou com medo que se esqueça de mim

Não diga uma palavra, apenas venha e deite aqui comigo
Porque estou prestes a colocar fogo em tudo que vejo
Te quero tanto que voltarei às coisas que acredito
Acabo de admitir, estou com medo que se esqueça de mim

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Gripe amorosa

De repente eu senti meu corpo quente mas eu sentia frio.
Meu corpo entre cala-frios ia ficando levemente dolorido,
como se alguém tivesse me batido dias.

Minha cabeça ficando pesada, os olhos ardendo,
meu nariz escorria, eu espirrava. E sentia dor no peito.

Eu não tinha vontade nem de comer nem de beber,
queria ficar deitado. eu o tempo que passava lento... parecia
me dizer que aquilo seria pra sempre...

E o pior de tudo, aquilo não me matava mas não havia remédio.


Assim também foi quando ela me deixou

Senti meu corpo quente e frio, uma dor no peito,
uma sensação estranha, que eu estava perdido.
Minha cabeça doía, pesada cheia de lembranças,
os olhos ardiam de tanto chorar, escorria dos meus olhos
tristeza. E aquele vazio no peito.
Eu não queria nem comer nem beber.
queria ficar deitado lembrando, chorando, me culpando.
E o tempo queria me convencer que aquilo seria pra sempre,
E o pior de tudo é que aquilo não me matva, e não havia remédio...

Ser abandonado ou estar gripado não é bom,
mas são coisas que vem, e por terem vindo um dia também irão.

Deitei e me cobri com um cobertor,
Um cobertor de idéias positivas, de sonhos novos.

Tomei um chá de limão.
Tomei coragem de me perdoar, e principalmente de perdoa-lá.

Tossi e as "coisas" saiam do meu peito
Chorei e lavei minhas culpas.

Tomei um analgésico, para aliviar a dor,
recebi um abraço silencioso que também aliviou a dor

Tomei muita água, hidratação.
Tomei outros sonhos, renovação.

Assisti Chaves, debaixo do cobertor
Tomei sopa, escutei "Tadeu Franco".

E sabe eu descobri:

Para gripe e desilusão : Tempo!
É preciso viver, passar por elas...

Enquanto isso, Sopa e Chaves...
"Nós Dois" deixo pra depois.