quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Limite do Desejo Edge of DEsire John mayer

Limite do Desejo Edge of DEsire John mayer

Jovem e cansado de fugir
Me diga onde isto esta me levando?
Apenas um grande desvendador ou um infinito pequeno

Amor realmente não é nada mais
Que um sonho que fica me acordando
Por toda minha tentativa
Você ainda termina morrendo
Como pode ser?

Não diga uma palavra, apenas venha e deite aqui comigo
Porque estou prestes a colocar fogo em tudo que vejo
Eu te quero tanto que voltaria atrás no que acredito
Acabo de admitir, tenho medo que se esqueça de mim

Tão jovem e cansado de fugir, por todo o caminho até o limite do desejo
Controlo minha respiração, gritando silenciosamente,
"tenho que te ter agora"
Inquieto e estou cansado
Acho que vou dormir nas minhas roupas no chão
Talvez esse colchão gire em torno do eixo e acabe no seu

Não diga uma palavra, apenas venha e deite aqui comigo
Porque estou prestes a colocar fogo em tudo que vejo
Te quero tanto que voltarei às coisas que acredito
Acabo de admitir, estou com medo que se esqueça de mim

Não diga uma palavra, apenas venha e deite aqui comigo
Porque estou prestes a colocar fogo em tudo que vejo
Te quero tanto que voltarei às coisas que acredito
Acabo de admitir, estou com medo que se esqueça de mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, perguntem, elogiem, critiquem, mas sejam verdadeiros...