sexta-feira, 4 de maio de 2012

Carta à Deus

Belo Horizonte 04 de Maio de 2012

Deus,

Criador dos Céus e da terra, permita humildemente escrever-te algo em minha defesa, expor às dúvidas que tenho e talvez me defender. Conheço um tanto considerável de religiões, e já conersei com inúmeras pessoas. Algumas inclusive me disseram ser representantes de vossa excelência na terra, mas nada substitui a sua própria voz. E o que vi ou ouvi não foi suficiente, e digo sem medo que não o conheço direito. Cada um o define de um jeito e interpreta seu manual de uma maneira. Não quero correr o risco de te imaginar como não és, ou entender errado o que queres que eu faça. Serás oculto, tampas seu rosto? Ou eu tapo meus olhos?
Sei da má natureza humana, do que somos capazes por dinheiro e por poder, de como somos egoístas, e fúteis, arrogantes, invejosos, aparecidos, hipócritas, indiferentes...
Mas pergunto-lhe de todo meu coração:
-Devo passar minha vida toda me culpando, por terem matado Jesus? Ou quando há perdão, há esquecimento?
Deus, acredito que devo usar a minha vida para semear o bem, pegar as sementes e plantá-las por mais difícil que seja o solo, é uma causa nobre, por que eu acho nobre sinceramente não sei. Já que no mundo que vivo pisam no meu pé e eu que tenho que pedir desculpas. Mas o que entendi até hoje, foi que, faço isso tudo pra ganhar um prêmio? Um lugar no Céu? Tipo férias em Acapulco pra sempre?
Permita-me perguntar?
- Isso não pode nos tornar meio "interesseiros" ao invés de lutarmos verdadeiramente pela causa?
Eu não tenho feito sua obra perfeitamente... Hoje um mendigo me pediu um pedaço da minha coxinha, mas achei ele com cara de folgado e a coxinha era de catupiry , mas mudarei, pretendo.
Uma "representante" sua na Terra, disse outro dia que quem não paga dízimo está roubando do Senhor.
Olha não é "pão-duragem", e sei que o Senhor me abençoa muito mais, 10% não me deixarão mais pobre.
O fato é que fico um pouco desacreditado se você realmente manda comprar jatinhos, casas de praia, apartamentos, carros blindados, iates. Até concordo que se eles são seus representantes e "merecem" um certa atenção especial, mas é difícil acreditar que o Senhor prefiro dar a eles esses agrados e confortos do que dar a grande massa condições mínimas de vida. Se eu estiver errado, por favor me fale! Não quero cometer esse pecado de graça! Os outros pecados que cometo eu assumo, as mulheres peladas que ja vi na internet pode anotar ae que faço questão de pagar por isso, um purgatório talvez, " ficar amarrado escutando "Gaiola das Popozudas" seria um castigo razoável, mas quem sou eu para escolher minha punição e desculpe-me pelas brincadeiras, mas não acredito que sejas velho e ranzinza como me contaram.
Deus agradeço-lhe por tudo que fazes por mim e por todo entendimento que tenho, alguns dizem que meu entendimento veêm do seu inimigo , mas "sinto no meu coração" que não é.
Agora, uma coisa lhe agradeço e especial: o Livre arbítrio! Direito de escolha, de errar, de acertar e principalmente de pensar...
Nas aulas que estou tendo de Neurofisiologia fico maravilhado com sua inteligência e criatividade perfeitas, eu nunca, em todo o meu feijão pensaria um 00001 nano por cento do que você pensou, só não fico maravilhado com minhas notas, mas isso é culpa minha.
Mas retomando ao livre arbítrio, essa liberdade a nos confiada é um poder sem limites. e vejo pessoas, mortais como eu, querndo me impedir de exercer uma coisa garantida pelo Senhor, não acho isso certo. Criaste um cérebro fantástico que nos permite descobrir tantas coisas e querem que eu não use! " Não se não pode pensar asssim".
Deus você nos dá livramentos? Já escapei de cada uma, que acredito ter tido mão do Senhor. Mas, você tem um critério pra escolher quem você vai livrar? Por que merecer, sei que não mereço, digo isso sem medo.

O fato é que estruparam e mataram uma menina de 9 anos aqui no estado.
E creio que uma criança é pura, pergunto-lhe:
É verdade que você nos livra? Se sim, por que deixou que isso acontecesse?
Não lhe pergunto isso lhe cobrando (quem sou eu) mas seria injusto (ao meu ver), "livrar" alguns e "não livrar" outros.
Meus conceitos de justiça estão errados?
Me disseram com bastante certeza que essa "menina que foi violentada" estava pagando por uma outra vida.
Que estava reencarnada e que voltaria numa outra vida melhor.
Existe reencarnação? Eu acho até "justo" com o pouco que sei. Mas, por que não lembro de minhas vidas passadas?
Deus, os animais. Eu os admiro e os amo. Pra mim eles são puros, e segundo o que aprendi os puros não deveriam sofrer. Ja me disseram também que os animais sofrem pelos nossos pecados.
- Deus, isso é verdade? Eles sofrem por nós? Se verdade, até quando?
Quanto ao sofrimento, eu acredito o sofrimento ser algo normal desse mundo.
Sentei meu pé numa pedra ardósia, doeu, eu "sofri", mas é natural.
Perdi entes queridos e sei que isso é natural. Também irei morrer um dia.
Deus sei que talvez eu não esteja pronto pra saber sobre o que te perguntei, mas se tive essas dúvidas tenho que perguntar pra alguém que não vai me julgar, dizer que estou "blasfemando" que estou querendo saber demais que decidi te perguntar diretamente. O fato é que seus representantes estão trabalhando usando métodos do medo, repressão, frizando que vamos para o inferno, que somos culpados e diminuindo o orgulho de "ser humano". Se Deus, você for isso mesmo, e seus representantes estiverem falando a verdade, digo que não lhe seguirei mais, e pode por o meu nome na lista. Se tenho "livre arbítrio" irei usa-ló.
As pessoas podem até ler e tirar suas conclusões e julgar e fazer o que sempre fazem, mas não ligo, a carta é para o Senhor.

Ps: Se você não puder falar diretamente comigo e tiver que usar alguém para me "explicar", peço por favor não me mandar nenhum fanático que quer me dar "bibliádas" e me insultar, isso dispenço.

Muito obrigado pela atenção:
Ótima eternidade!








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, perguntem, elogiem, critiquem, mas sejam verdadeiros...