quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

A Cidade

Aqui parece uma cidade dos sonhos,
nínguém joga lixo no chão,
todos amam os animais,
todos se interessam por política,
todos compartilham,

Os religiosos são os mais fiéis e bondosos,
os ateus os mais justos e caridosos,
Ninguém é racista, são contra homofobia,
todos se compadecem dos irmãos africanos...
e seus chinelos de garrafa pet...
Somos bombardeados de conselhos,
palavras sábias, passagens bíblicas,
frases de pensadores...

Você pode pensar:
Ah! Onde fica essa cidade?
Essa Cidade é Falsa!

Eu te diria:
Não meu amigo! Não é falsa, é "Feice".
(entendeu a "piada"? "Feice"... "Feicebuqui"...)

Lá tenho um monte de amigo!
Todos com suas fotos sorridentes,
e um lado tão agradável, que gosto mais
até de mim mesmo quando olho meu perfil!
Minhas mazelas não ultrapassam o portão "Log In"

Sobre isso tudo você já sabe.
Sabe que quase nada lá é real, que
as pessoas lá são como queriam ser na vida
real, mas não tem jeito a gente acaba se iludindo...
 Eu me iludo, sem vergonha nenhuma de admitir.

Não me tranco no quarto e esqueço do mundo mas,
perco um tempo razoável lá,
não é de todo ruim, é divertido, concordemos.
Mas aerobicamente falando,
aquele mundo é totalmente descartável!
Sim por que meus "Dois" "Três" amigos
são os que batem aqui em casa, me acordam
me veem com remela nos olhos, me chamam
pra fazer um som, que são carinhosos com Nonoca!
 Esse mundo sim é real.

Ás vezes visito essa cidade onde tudo é perfeito,
esperando boas notícias, surpresas etc...
Um otimismo infundado, e quando todavia alguma coisa incrível
acontece lá, ela não é incrível pra sobreviver ao portão do "log out"

 Então é assim, sabe onde eu moro?
Sabe meu telefone?
Não? Então não sou tão importante pra você,
e provavelmente você também nem seja tão especial pra mim,
pra merecer o "status" de amigo.

Não vou esperar que nada mude por lá.
até por que vou viajar um pouco,
ir pra outros cantos, ver  o que eu gosto,
ir ver a praça do bairro,
quem sabe a gente se encontre lá, numa nova dimensão,
você verá que eu sou mais alto e magro do que parece,
e tão legal ou chato quanto você permitir que eu seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, perguntem, elogiem, critiquem, mas sejam verdadeiros...