quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Acontece

Nos ensinam sobre sucesso e fracasso
Sobre vencer e perder
Diferenciam cruelmente macho e fêmea

Estão todos perdidos
Em copos de cerveja
Atolados em livros

Os risos capturados por celulares
as meninas de cabelo liso
e mentes enroladas

A busca pelo que não se conhece
cada vez mais distante do centro
a batalha de cada dia

um escudo ao que o outro diz
uma espada empunhada
pra contra-atacar com uma verdade pronta

Um mundo maquiado e podre
que ilude até pessoas maravilindas,
se perdem nessas "indas e vindas"

querem estar juntas e sozinhas
presas e libertas
querem o que está na moda querer

Emoção é coisa de gente fraca
de gente que não tem objetivo
ultrapassado, romântico, ridículo

se o homem chora, ele não serve
é frouxo, inseguro
mas se explode não serve, estúpido

qual sua nota?
foi pior do que eu?
Alá! Sou Melhor! Se fudeu!

Sou trocado por celulares à todo momento
e não entendo a indignação!
de quando troco as pessoas por "pau e corda" , violão.

Recebo cumprimentos sem entusiasmo
abraços frouxos
e sorrisos murchos

Mas todos pregam que estão felizes
-To na correria!
Tão corrido que não vê a vida passar...

queremos a balada, a noite!
ser vistos onde pessoas supostamente se divertem
pra onde na verdade seguem?

Amizade? Em qual site eu compro?
Conselho? Ainda não tenho esse aplicativo!
Abraço? Credo que carência!

Quase tudo que eu acreditava se desfez
nem me lembro a última vez
que eu acreditei em mim

Sou forte! Sigo só!
Independência ou pó?
E quando os que te apoiam forem embora?

As pessoas querem que você faça
Aquilo que não seria bom pra elas
te vêm de longe, debruçados na janela

Entenda,
de coisas vazias
já estou cheio...







Um comentário:

  1. Isso aí, lindeza! Consigo te enxergar em cada linha, em cada verso. Gosto de você por dentro.

    ResponderExcluir

Comentem, perguntem, elogiem, critiquem, mas sejam verdadeiros...