terça-feira, 7 de outubro de 2014

Solrriso

Meu coração ainda alagado

Nuvens cinzas de lembranças ainda cobrem o céu

De repente surge o sorriso dela brilhante como o sol

Vento! Por favor! Venta,Venta,Venta!

Que a gente inventa um novo modo de amar...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, perguntem, elogiem, critiquem, mas sejam verdadeiros...