segunda-feira, 3 de novembro de 2014

3 reais

Amizade. É tão comum usarmos o termo "amigo" que esquecemos a profundidade do significado dessa palavra. Eu tenho "oitocentos e lá vai pedrada" de ""Amigos"" no Facebook... Mas quantos deles são reais? Alguns mesmo virtuais são reais!
No meio de um turbilhão de coisas acontecendo o amigo é aquele que segura sua mão olha pra você e diz: - Cara! Você está fudido! Mas estou aqui para o que der e vier!
Eu tenho poucos amigos. Cabem na palma da mão. E por serem poucos dou-lhes o máximo de atenção que posso. A gente perde amigos também... e não há dor maior. Perdemos conversas, perdemos sorrisos, abraços, e perdemos toda uma infinidade de intimidades, coisas que só os dois entendem... mas não vou ficar nesse "chove não caga"...
A amizade torna a vida menos rasa, e mais rara, e por isso mais valiosa!
Um desses poucos amigos é Leonardo S. S. um cara sensacional, de uma sensibilidade incrível. Parceiro de alegrias e tristezas! Coloco-o em cada fria! Esse final de semana fui tocar em um casamento... lugar longe...
Chegamos mais cedo e ficamos em uma praça vendo o movimento das pessoas. Olhando carros, bundas, cães e crianças.
Estavam uma turma de crianças chutando garrafa... elas viam uma bola... mas eu que virei adulto enchergava uma garrafa...
E eu vi que o mundo foi me tornando sério... quadrado... e mesmo que eu lute contra isso, de alguma forma aconteceu! Eu via tantos "perigos" enquanto eles brincavam! Era o dedo passando perto das pedras. Era menino entrando debaixo da cama elástica! Meu olhar adulto só via o lado ruim das coisas...
Enquanto eu e Leonardo ríamos de tudo, ele teve uma idéia. Me chamou para atravessarmos a rua e me pediu 3 reais emprestado... Comprou uma bola de plástico e presenteou a mulecada...
Foram os 3 reais mais bem gastos da minha vida! Nasceu uma alegria rara ali. A garrafa milagrosamente havia se transformado numa bola. E a bola correu solta... E ninguém se machucou...
Se olhassemos mais ao nosso redor iriamos perceber que pequenos gestos podem mudar a realidade. Fazer um pouquinho... Um bom dia sincero. Um sorriso. Um abraço. Saírmos desse mundo "virtual" e ver o que acontece aqui fora, aqui dentro...
Quero o olhar que perdi, voltar a ver "bolas em garrafas"...

Um comentário:

  1. Que história boa Ben-Hur! Cara, aprendo muito com você, serio mesmo! A sua disponibilidade, talento, disposição de ser presente na vida do outro é fantástica! Você merece ter muitas realizações! Que bacana, o Leo sempre presente! Estou torcendo por você! Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Comentem, perguntem, elogiem, critiquem, mas sejam verdadeiros...